No próximo ano vocês completam bodas de 5, 10, 15, 20 anos de casamento? Vocês estão planejando comemorar esse dia, renovar os votos, fazer uma grande festa? Então vão amar esse post!

Bodas de casamento é uma comemoração que celebra o aniversário de um casamento, onde se renovam as promessas trocadas entre o casal.

Boda é uma palavra que tem origem no latim “vota”, que significa “promessa”. É uma festa em que se celebra um casamento.

As bodas de casamento são comemoradas na data em que foi celebrada a cerimônia de casamento. Para cada ano de bodas foi estabelecido um material representativo para nomear o período.

No ocidente, as bodas mais festejadas são as de prata, que simboliza a comemoração do aniversário de 25 anos do casamento, e as bodas de ouro que comemora o aniversário de 50 anos de matrimônio.

Os católicos comemoram os aniversários de casamento em eventos na Igreja, onde renovam os votos da união. As festas das bodas surgiram na Alemanha, onde era costume de pequenos povoados oferecer uma coroa de prata aos casais que completassem 25 anos de casados, e outra de ouro aos que chegassem aos 50 anos de união.

Então, com o passar dos séculos, foram criadas outras simbologias para cada aniversário de casamento. Quanto mais tempo de casado, maior é a importância do material representativo, que vai do mais frágil ao mais valorizado.

Há diversas maneiras de se comemorar as Bodas de casamento, desde um jantar a dois em casa, ou em um restaurante “bacanudo” que há tempos vocês planejavam, um ensaio fotográfico ou até mesmo uma viagem mais longa para aquele destino sonhado que outrora por algum motivo financeiro ou de disponibilidade não tinha dado certo ainda. Bom…a verdade é que não tem desculpa para não deixar a data passar em branco.

Mas há ainda quem queira aproveitar a oportunidade, e fazer a “Renovação dos Votos” com uma festa! Ebaaa! Fazer festa é sempre bom! E quando a oportunidade é comemorar e relembrar com familiares e amigos, aquele dia em que você disse sim pra vida a dois, e todo aquele pacotão de descobertas que vem junto e que por sinal vem dando muito certo, aí há motivos de sobra pra gente celebrar o amo!

E se você é das nossas, e pensa sim em fazer uma festa para comemorar, e chegou naquele ponto em que você precisa ou ter muita coragem ou não ter nenhum juízo, aí vão algumas dicas:

1- Tematizar a festa


A primeira dica é que vocês podem aproveitar para tematizar a festa. Se na época do casamento houve receio de ousar um pouco mais, então esta é a hora de deixar a imaginação rolar e propor ideias diferentes em cima de algum tema.

2- A lista

Priorize o que vocês querem naquele dia: pense nas pessoas que realmente fazem parte da história de vocês e nas que são do seu afeto mesmo. Encabeçar a lista com as pessoas do amor do casal (e não de cada um separadamente) é um belo começo.

A diminuição do número de convidados também tem a ver com as novas formas de socialização e de família. Se na época do casamento ainda houve aquelas pessoas que de certa forma caíram na lista por influência dos pais ou alguma regrinha retrógrada de etiqueta, agora é hora de só estarem presente de fato o convívio íntimo do casal ao longo destes anos.

3- O convite

A terceira dica é o convite!

O convite da festa de bodas, pode ser feite pessoalmente ou por telefone, o que dispensa o convite impresso, mas se ainda assim você quiser dar uma atenção mais especial à ocasião, invista em algo manuscrito. Quando há filhos mais velhos no convite impresso quem convida são os filhos.

4- A entrada do casal

A quarta dica é: a entrada do casal, desta vez juntos!!

Não há aquela tradicional espera do “noivo” no altar, mas ainda assim pode ser mantida a tradição do “esposo” aguardar a esposa, aparecer lindamente vestida para a ocasião. E então entrarem juntos.

5- A participação dos filhos

A quinta dica é a participação dos filhos.

Para os casais que já foram presenteados por Deus com o fruto dessa união, tê-los no dia deste testemunho é motivo de alegria infinita. E eles podem participar de várias formas. Entrando com as novas alianças, juntamente com o casal ou até mesmo em caso de bodas maiores e filhos mais velhos, dar a benção da união do casal. É um momento sublime, que temos certeza não sairá mais da memória.

6- Escolha do vestido

A sexta dica é: A escolha do vestido!!

Na renovação dos votos temos a chance de sentir aquele gostinho de dia de princesa novamente, assim como costumamos nos sentir no dia do casamento onde a sensação é de estar sendo apresentada a côrte como na antiguidade. E o vestido de noiva de fato nos concede este status!! Como os protocolos já foram seguidos anos a atrás, temos a chance de inovar neste quesito, então é hora de investir em modelos longuetes, retrô, ousar um pouco mais na make, nas cores do sapato, naquela bota ou all star que passou pela cabeça, mas na época não teve coragem, ou até mesmo para algumas mulheres, ter a chance de se vestir tradicionalmente de noiva por não ter tido a chance antes por opção ou por circunstâncias.

7- Cerinônia

Decida se haverá cerimônia religiosa ou não. Se sim, escolha a igreja, que pode ser a mesma do casamento ou até o mesmo celebrante. Se a ideia é fazer algo diferente do dia do casamento, existem hoje muitos profissionais super competentes no quesito celebração única e personalizada. Algo que torna o momento e história do casal ainda mais especial.

8- Objetos de Família

Aproveite o momento para utilizar vários objetos de família. Toalhas de renda, aparelho de jantar, peças para doces, molduras, fotos, itens comprados em viagens do casal. Tudo que dê um charme e conte um pouco a história do casal.

9- Lembrancinhas significativas

Priorize por lembrancinhas que contenham uma foto do casal no dia do casamento e uma atual. Uma lembrancinha super bem vinda e divertida!

*Pode jogar o bouquet!? Pode!

10- Fotografia

Nossa última dica é: Contratar um bom profissional de fotografia é item obrigatório!!! As fotografias serão lembranças preciosas desse momento de alegria.